Pai e tios de bebê de 1 ano e 11 meses morto em Alegrete, na Fronteira Oeste do RS, são indiciados por homicídio

A Polícia Civil concluiu nesta quarta-feira (26) o inquérito que apurou a morte do bebê Marcio dos Anjos Jaques, de 1 ano e 11 meses, em Alegrete, na Fronteira Oeste. O pai da criança, Luis Fabiano Quinteiro Jaques, de 19 anos, foi indiciado por homicídio triplamente qualificado. Já os tios irão responder por homicídio simples.

De acordo com o delegado Valeriano Garcia, responsável pelo caso, a decisão pelo indiciamento dos tios pelo crime de homicídio ocorreu porque, na visão da polícia, ambos foram omissos no cuidado com o menino.

Ainda segundo a Polícia Civil, o tio tem antecedentes criminais por tentativa de homicídio e lesão corporal. No entanto, as investigações não apontaram que o menino também tenha sido espancado pelos tios.

Comentários