País tem 201 óbitos por covid-19 e 5.717 casos confirmados

O governo brasileiro atualizou nesta terça-feira (31), em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, os dados sobre o avanço da covid-19 no País. São 201 óbitos por covid-19 e 5.717 casos confirmados no Brasil. Participaram da coletiva o ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto; da Economia, Paulo Guedes; da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

De acordo com os dados mais recentes do Ministério da Saúde, divulgados na segunda-feira (30), o País contabilizava 159 mortes e 4.579 casos confirmados da doença. O resultado marca um aumento 26%.

As mortes ocorreram em São Paulo (136), Rio de Janeiro (23), Ceará (7), Pernambuco (6), Piauí (4), Rio Grande do Sul (4), Paraná (3), Amazonas (3), Distrito Federal (3), Minas Gerais (2), Bahia (2), Santa Catarina (2), Alagoas (1), Maranhão (1), Goiás (1), Rondônia (1) e Rio Grande do Norte (1).

Os Estados com mais casos são São Paulo (2.339), Rio de Janeiro (708), Ceará (390), Distrito Federal (332) e Minas Gerais (275). A menor incidência está em estados da Região Norte, como Rondônia (8), Amapá (10), Tocantins (11) e Roraima (16).

O índice de letalidade, que estava abaixo de 2% no final de semana, atingiu 3,5% no balanço desta terça, o mesmo do registrado na segunda.

Kits de teste rápido

Nesta terça-feira desembarcou no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (SP), o primeiro lote de 500 mil de testes de detecção rápida para a covid-19. O lote faz parte de uma compra de compra de 5 milhões de kits efetuada pela Vale. O teste, produzido pela empresa chinesa Wondfo, tem registro na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Ele detecta anticorpos e permite que se tenha um resultado em apenas 15 minutos.

Comentários