Permissionários querem assumir gestão do Mercado Público

Reunião com a associação dos permissionários do Mercado Público sobre recuperação pós incêndio (Foto: Elson Sempé Pedroso/CMPA)

O presidente da Ascomepc (Associação do Comércio do Mercado Público Central ) – que reúne os permissionários do Mercado Público – Ivan Vieira Koenig, afirmou nesta terça-feira ( 28) que a entidade quer assumir a gestão total das instalações do prédio histórico. Segundo ele, uma possível privatização, como vem sendo noticiada, seria um desastre para o modelo de negócio dos comerciantes. O presidente da Ascomepc liderou uma reunião de permissionários com os integrantes da Cuthab (Comissão de Urbanização, Transportes e Habitação) da Câmara Municipal de Porto Alegre.

De acordo com Koenig, a recuperação total do prédio, com a construção de uma nova subestação de energia, uma cisterna para abastecimento de água contra incêndio, de 35 mil litros, como exige o Corpo de Bombeiros, e as demais obras de restauro estão orçadas em R$ 4 milhões. Ele informou que os comerciantes querem pagar a conta para manter as características originais, tanto do prédio quanto do modelo de negócio.

Conforme o dirigente, os proprietários das bancas “estão assustados” com as informações de que o Executivo pretende criar uma Parceria Público-Privada (PPP) para tomar conta das instalações. “Isto aqui é um mercado público. Não é um shopping center. Seria o fim do Mercado Público de Porto Alegre”, advertiu Koenig.

A principal queixa dos comerciantes é que o mercado público pegou fogo em de 6 de julho de 2013 e poderia ter sido recuperado, porém a insegurança jurídica tomou conta do comércio local impedindo os investimentos. Ele reconheceu que existem algumas pendências legais, mas que poderiam ser resolvidas num encontro de contas entre a administração municipal e a Ascomepc.

O presidente da Cuthab, vereador Dr. Goulart (PTB), anunciou que irá marcar uma reunião entre os permissionários e o secretário do Desenvolvimento Econômico, Ricardo Gomes. Goulart pediu para que a associação amplie a presença de permissionários nas conversações. O propósito de uma primeira reunião seria abrir um canal de negociação com a prefeitura. Também participaram do encontro, os vereadores Roberto Robaina (PSOL), Fernanda Melchionna (PSOL), Valter Nagelstein (PMDB), Padeiro Gilson (PPS) e Marília Fidel (PTB).

The post Permissionários querem assumir gestão do Mercado Público appeared first on O Sul.

Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.