Polícia analisa celular de adolescente encontrada morta em Catuípe, no noroeste do RS


(Foto: reprodução/ Facebook)

A Polícia Civil da cidade de Catuípe, região noroeste do estado, irá analisar as mensagens no celular da adolescente Maria Eduarda Zambom, morta no final de semana. O suspeito é um motorista de transporte escolar, de 52 anos, que levava a jovem para a escola. Ele está hospitalizado e já tem o pedido de prisão temporária decretado. Maria Eduarda foi considerada desaparecida após entrar no veículo do suspeito, que usou seu carro particular para leva-la a escola, na manhã de sexta-feira (29).

O corpo foi encontrado na sábado (30) e apresentava sinais de asfixia. A polícia investiga agora se havia situação de assedio por parte do motorista contra a garota. O suspeito é investigado por homicídio, estupro e ocultação de cadáver. A polícia acredita que o crime tenha sido premeditado e investiga se existe material genético nas roupas da menina. No carro do suspeito, foi encontrado o valor de R$ 300 que indicaria que o homem ofereceu dinheiro para a garota.

Comentários