Polícia Civil fecha central de produção de cocaína em Canoas

Um casal foi preso no bairro Estância Velha (Foto: polícia Civil/Divulgação)

Após dois meses de investigação, agentes do Denarc (Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico) prenderam, na sexta-feira (10), um casal responsável por uma central de produção de cocaína no bairro Estância Velha, em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. O homem tem 35 anos, e a mulher, 34.

Segundo o delegado Maurício Barison, o local onde foram realizadas as buscas era alugado como uma simples garagem, servindo de “fachada” para a operação criminosa de mistura, prensagem e embalagem de tabletes de cocaína. Foram encontrados uma prensa hidráulica com capacidade para 60 toneladas, dois quilos de cocaína e duas chapas de ferro utilizadas na prensagem.

O delegado afirmou que “o tamanho da prensa hidráulica encontrada e as chapas de ferro utilizadas para conferir uma marca à cocaína são capazes de formatar o grau de especialização da organização criminosa, responsável por vasta distribuição do entorpecente de alta qualidade, com selo de qualidade”.

Comentários

819 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.