Polícia Civil prende autor de feminicídio ocorrido em Porto Alegre

Ele foi localizado escondido na cidade de Arroio do Meio. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Foi preso menos de 24 horas o autor de um feminicídio ocorrido no final da madrugada de segunda-feira (28) dentro de uma residência no acesso D da rua Atílio Superti, no bairro Vila Nova, na Zona Sul de Porto Alegre.

O criminoso, de 26 anos, foi preso pela equipe da 1ª Delegacia Especializada no Atendimento em Mulher de Porto Alegre, sob comando da delegada Jeiselaure Rocha de Souza. Ele foi localizado escondido na cidade de Arroio do Meio.

Conforme a investigação, o acusado passou o dia consumindo álcool e entorpecentes. Depois, ele passou a agredir a companheira, de 43 anos, e desferiu pelos menos três disparos de arma de fogo contra ela. A vítima tombou sem vida.

A filha dela e enteada do acusado, de 13 anos, presenciou as agressões e tentou socorrer a mãe, sendo também alvejada por três tiros de arma de fogo. Ferida, a menina foi socorrida e hospitalizada.

Os agentes da 1ª Delegacia Especializada no Atendimento em Mulher de Porto Alegre descobriram o paradeiro do autor do crime, sendo detido em Arroio do Meio. O indivíduo possui antecedentes criminais por furto de veículo, lesão corporal e ameaça no âmbito doméstico, ocorridos no Interior do Rio Grande do Sul

Conforme os depoimentos colhidos pelos policiais civis durante a investigação, os episódios de violência doméstica eram recorrentes desde o início do relacionamento do casal, mas a vítima nunca registrou ocorrência ou solicitou medida protetiva de urgência.

O efetivo foi mobilizado em um primeiro momento após a Brigada Militar ser acionado por outra filha da vítima, de 15 anos, que escapou ilesa. O IGP (Instituto-Geral de Perícias) também compareceu na residência que ficou isolada após o crime.

Comentários