Polícia desmantela quadrilha que roubava veículos e sequestrava as vítimas na Região Metropolitana de Porto Alegre

Três pessoas foram presas durante Operação Setor 1 da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Canoas na manhã desta terça-feira (30). Os detidos são suspeitos de integrar uma quadrilha especializada no roubo de veículos na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Também foram apreendidos carro, arma, munição e drogas. Objetos de procedência suspeita também foram localizados. Um dos indivíduos que já tinha mandado de prisão também foi preso em flagrante por tráfico de drogas.

De acordo com o delegado Thiago Bennemann, o grupo é responsável por diversas ocorrências de roubo de automóveis. “O que chamou atenção durante a investigação é que o modus operandi dos suspeitos ia além do roubo à mão armada e a subtração do veículo. Eles escolhiam o alvo, faziam a abordagem, sequestravam a vítima e se dirigiam até residência da mesma, de onde roubavam também seus pertences”, contou o delegado.

Os criminosos também costumavam trocar os objetos roubados por entorpecentes. Um dos principais líderes da organização foi morto na madrugada do último domingo (28), no bairro Guajuviras em Canoas, possivelmente devido a conflitos com outra facção e disputa pelo tráfico, de acordo com Bennemann. “Ele foi encontrado com cerca de oito disparos de arma de fogo na região do rosto”, contou o delegado.

Cerca de 70 policiais civis da 2ª DPRM (Delegacia de Polícia Regional Metropolitana) de Canoas e da 3ª DPRM participaram do cumprimento de 16 mandados judiciais, sendo 11 de busca e apreensão e cinco de prisão, em Canoas, Nova Santa Rita e na Zona Sul de Porto Alegre. A ação também contou com apoio de policiais da Brigada Militar.

Comentários