Polícia Federal realiza operação contra desvios de recursos do Ministério do Esporte em Caxias do Sul e em outras três cidades brasileiras

A PF (Polícia Federal), em conjunto com o Ministério Público Federal e a Controladoria-Geral da União, deflagrou na manhã desta quarta-feira (24) a Operação Nemeus com o objetivo de desarticular uma quadrilha responsável por fraudes em licitações e desvio de recursos públicos cedidos pelo Ministério do Esporte, por meio de convênios, a diversas confederações esportivas.

Policiais federais cumpriram 16 mandados judiciais em escritórios e residências de pessoas suspeitas de integrarem a quadrilha nos municípios de Caxias do Sul, na Serra Gaúcha; no Rio de Janeiro (RJ); em Belo Horizonte (MG); e em Manaus (AM). Em Caxias, há um mandato de condução coercitiva contra um advogado.

Diligências foram realizadas nas sedes da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo e na Confederação Brasileira de Taekwondo e em empresas ligadas às fraudes. As investigações da PF, iniciadas há cerca de um ano, indicam que a quadrilha vem fraudando licitações com o uso de documentos falsos, a fim de realizar contratações e aquisições por preços muito acima do mercado.

Comentários