Polícia Federal realiza operação contra o tráfico internacional de munições no Vale do Sinos

Três criminosos foram presos em Novo Hamburgo. (Foto: PF/Divulgação)

A PF (Polícia Federal) deflagrou, nesta terça-feira (29), a Operação Parabellum para combater o tráfico internacional de munições no Vale do Sinos. Os agentes cumpriram três mandados de prisão preventiva e dois de busca e apreensão em Novo Hamburgo.

Três criminosos foram presos no bairro Santo Afonso. Segundo a PF, as investigações iniciaram a partir de duas grandes apreensões de munição em São Paulo e no Rio de Janeiro, em setembro de 2016 e janeiro 2017, que totalizaram mais de 22 mil projéteis de calibre restrito.

Com o cruzamento de informações, a PF identificou a vinculação de um casal, residente em Novo Hamburgo, que seria responsável pelas munições, adquiridas no Paraguai.

Em 2018, um carregamento de cocaína atribuído aos investigados foi apreendido no Chuí. O veículo que transportava a droga retornou ao avistar uma barreira policial e foi abandonado na rodovia. As investigações identificaram que o condutor era o mesmo homem que foi preso em flagrante, no Rio de Janeiro, com o carregamento de munições, em janeiro de 2017.

Comentários