Polícia prende em flagrante dupla acusada de maus-tratos a animais em Eldorado do Sul

De acordo com as investigações, que duraram três meses, os acusados impunham dor e sofrimento desnecessário aos animais no momento do abate. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Dois homens suspeitos de matarem animais sob condições de maus-tratos foram presos em flagrante, na manhã desta segunda-feira (19), em Eldorado do Sul. A dupla, que atuava dentro da unidade de preservação do Parque Estadual Delta do Jacuí, foi alvo do mais recente desdobramento da Operação Arca, da Polícia Civil.

De acordo com as investigações, que duraram três meses, os acusados impunham dor e sofrimento desnecessário aos animais no momento do abate. Eles costumavam atirar nos animais, deixando-os agonizando até a morte. Há indícios de que os homens filmavam todo o processo de tortura, divulgando os vídeos nas redes sociais.

A internet fazia parte da rotina dos suspeitos, sendo usada para negociar as datas da caça, a venda de armas de fogo e as carnes obtidas através do crime. A polícia apreendeu, em endereços vinculados aos caçadores, quatro espingardas sem registro; munição; armadilha; lanternas e roupas típicas da atividade na mata.

Comentários