Porto Alegre fechou maio com deflação

Legenda da imagem: Os dados do IPC-S foram divulgados pela Fundação Getulio Vargas. (Foto: Divulgação)

O IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor), conhecido como a inflação do consumidor, ficou em -0,71%, segundo dados divulgados pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), nesta terça-feira (02). Porto Alegre fechou maio com deflação.

O recuo de preços foi mais intenso do que na média nacional, que considera sete capitais e foi de -0,54% no mês passado. A deflação mais forte foi registrada em Belo Horizonte (MG). O item que mais puxou a queda foi a gasolina. Além de pesar no orçamento e no cálculo da inflação, o combustível recuou 6,34% no mês em relação a abril.

A queda no preço do petróleo desde o início da pandemia do coronavírus abriu espaço para reduções nas refinarias, mas a Petrobras já voltou a aumentar os valores desde que a cotação da commodity passou a subir novamente.

Comentários