Porto Alegre registra 38 dias sem mortes de pedestres por atropelamento

A redução da circulação nas ruas em razão das medidas de isolamento social implementadas pela prefeitura durante a pandemia de coronavírus impactou na queda do número de vítimas por atropelamento no trânsito de Porto Alegre.

De acordo com dados do ObservaMOB, central da EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) que monitora a mobilidade, o último óbito causado por este tipo de acidente ocorreu no dia 11 de abril. No entanto, nesta quarta-feira (20), foi registrada a morte de um idoso atropelado na Praça Osvaldo Cruz, no Centro Histórico.

“A Capital completou 38 dias sem mortes por atropelamento nesta terça-feira, 19”, celebra o diretor-presidente da EPTC, Fabio Berwanger Juliano. “Gostaria que o motorista se comportasse melhor no trânsito para alcançarmos este número sem precisar de isolamento social. Este intervalo deve ser motivo de atenção no esforço do Movimento Maio Amarelo pela preservação da vida”, completa. O maior período sem registro de pessoas morrerem atropeladas foi de 60 dias, entre 25 de novembro de 2018 e 23 de janeiro de 2019.

Apesar do resultado positivo, a prefeitura alerta para o risco da imprudência ao volante, especialmente o excesso de velocidade, que apresentou aumento de infrações pelos controladores eletrônicos (lombas e pardais).

Em março, foram registradas 12.480 infrações, o que representa acréscimo de 47% em relação ao mesmo período no ano passado (ou 8.499 veículos a mais ultrapassando o limite de velocidade).

Os dados demonstram que os condutores aproveitam a fluidez do trânsito para acelerar mais, colocando em risco a integridade da população. Os índices não são mais preocupantes por causa da redução significativa de pedestres registrada na quarentena.

Maio Amarelo

A proposta do movimento mundial é chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos no trânsito. Maio é o mês escolhido porque, em 11 de maio de 2011, a ONU (Organização das Nações Unidas) decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. O amarelo representa atenção e advertência na sinalização.

Comentários