Porto Alegre sedia 1º Simpósio de Saúde da População Negra

Evento busca fortalecer a implantação da Política de Saúde da População Negra (Foto: Cristine Rochol/PMPA)

O 1º Simpósio Internacional de Saúde da População Negra será realizado desta terça-feira (15) a quinta-feira (17) em Porto Alegre, com o objetivo de fortalecer a implementação da Política Nacional de Saúde da População Negra, além de ampliar a discussão em âmbito internacional.

O evento é uma ação da Década dos Afrodescendentes e ocorre no Salão de Atos da Ufrgs (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), na avenida Paulo Gama, 110, Campus Central, bairro Farroupilha, e no Kilombo do SUS, estrutura que será montada próximo ao Espelho d’Água do Parque Farroupilha (Redenção).

A abertura oficial do evento ocorre às 15h de terça-feira, reunindo participantes e autoridades no Salão de Atos da UFRGS. Após, a mesa magna debaterá o tema Raça, Etnia, Inclusão Social e Saúde, seguida de apresentação cultural e homenagem ao trabalho da ex-ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros, falecida este ano.

Na programação, está prevista a participação de conferencistas nacionais e internacionais, com debates, diálogos, oficinas temáticas, apresentação de trabalhos de pesquisa, ensino e extensão e feira de resultados de experiências em saúde da população negra. Também haverá publicações e lançamentos de livros e a 4ª edição da homenagem às Mulheres Negras que Fazem a Diferença no SUS (Sistema Único de Saúde), organizada pela SMS (Secretaria Municipal de Saúde).

Estarão na Capital nomes como Jaime Nadal, representante do Fundo de População da ONU no Brasil, Joaquim Molina, da Organização Panamericana de Saúde, Zakiya Carr Johnson Affairs, diretora do Departamento de Estado de Raça, Etnia e Inclusão Social dos Estados Unidos, Ângela Pires Terto, assessora de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas no Brasil, Beatriz Rámirez, diretora de Descentralização da Divisão de Direitos Humanos do Ministério de Desenvolvimento Social do Uruguai, e Dalila Sousa, diretora do Departamento de História da Universidade Spelmann College, de Atlanta (EUA). Outras informações podem ser obtidas no site www.sispn2016.com.br.

Comentários

Comentários

4 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.