Prefeito de Manaus é hospitalizado após testar positivo para a Covid-19

O prefeito de Manaus (AM), Arthur Virgílio Neto (PSDB), 74 anos, testou positivo para a Covid-19 e foi internado às pressas em um hospital particular da cidade no fim da noite de segunda-feira (29).

Em nota, a prefeitura informou nesta terça-feira (30) que o quadro de saúde de Virgílio permanece estável e que ele segue em isolamento “despachando normalmente”.

Poucas horas antes de dar entrada no Hospital Adventista, Virgílio havia participado da inauguração do Complexo Viário Ministro Roberto Campos, que interligará as zonas oeste à região centro-sul de Manaus.

A prefeitura informou já estar cumprindo todos os protocolos de saúde, monitorando membros da equipe do governo e autoridades que tiveram contato com Virgílio, inclusive durante a inauguração do complexo viário.

“O prefeito se encontra hemodinamicamente estável, sem necessidade de uso de drogas vasoativas, mantendo boa saturação de oxigênio em ar ambiente, realizando VNI com boa resposta. Lúcido e orientado, recebendo medicações por via oral conforme protocolo institucional”, afirmou a prefeitura de Manaus, citando informações de um boletim médico.

Manaus registra mais de 27,1 mil casos confirmados da Covid-19 e quase 1,8 mil mortes pela doença.

Comentários