Prefeito do Rio exige retirada de livro da Bienal que mostra ilustração com beijo gay


Prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella. (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Um grupo de fiscais da Secretaria de Ordem Pública da Prefeitura do Rio de Janeiro chegou à Bienal do Livro, nesta sexta-feira (6), para realizar uma fiscalização de livros considerados “impróprios”. O objetivo é verificar a denúncia de que estes livros estariam sendo vendidos para menores. O subsecretário de operações, coronel Wolney Dias, acompanhou a inspeção. “Se ele [o livro] não estiver seguindo as recomendações de estar lacrado e com a orientação quanto ao conteúdo, nós vamos apreender esse material”, informou.

A obra “Vingadores, a cruzada das crianças” virou alvo de denúncias e polêmicas na última quinta-feira (5). A obra apresenta um romance gráfico e ilustra a cena de dois personagens masculinos se beijando. Em um vídeo, via Twitter, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, afirmou que a obra traz “conteúdo sexual para menores” e exigiu que os exemplares fossem recolhidos.

Esta é a primeira vez que uma fiscalização do tipo ocorre na história da Bienal do Livro. Ainda pela manhã, os livros da saga esgotaram em todas as bancas da Bienal, e a organização da feira afirmou que não irá recolher nem embalar nenhum livro, pois o conteúdo não é impróprio e nem pornográfico. Confira a ilustração:

(Foto: Reprodução @Mr_Noth_Ing)

Comentários