Prefeitura de Capão da Canoa é autuada por instalação de passarela de asfalto sobre a areia da praia

Estrutura foi retirada pela Secretaria de Obras do município após a autuação. (Foto: 1º Batalhão Ambiental da BM / Reprodução)

Nessa sexta-feira, o 1º Batalhão Ambiental da Brigada Militar autuou a prefeitura de Capão da Canoa, no Litoral Norte gaúcho, devido à instalação de uma passarela de asfalto sobre a areia da praia, entre a orla e a avenida Beira-Mar, no bairro Guarani. A obra teria sido realizada por iniciativa de um funcionário municipal, a pedido de moradores e veranistas para facilitar o acesso de cadeirantes ao mar.

De acordo com o comando do Batalhão, a solicitação é legítima mas a estrutura não poderia ser colocada no local sem a devida licença, fato que gerou a ocorrência policial. O secretário de Obras e Saneamento, Luis Fernando Nunes, assinou um termo circunstanciado por crime ambiental.

Após a autuação, a Secretaria de Obras e Saneamento de Capão da Canoa divulgou nota em que negou ter ordenado ou autorizado a obra, atribuindo o fato ao “equívoco de um funcionário”. Ressaltou, ainda, ter aberto sindicância sobre o caso.

Comentários

Comentários

820 Comentários