Prefeitura de Manaus não vai liberar escolas municipais para a realização do Enem

No total, 38 escolas seriam cedidas para a realização das provas. (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

A prefeitura de Manaus (AM) informou nesta quarta-feira (13) que decidiu não liberar as escolas municipais para a realização do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), que está marcado para começar neste domingo (17). No total, 38 escolas seriam cedidas para a realização das provas na cidade.

A medida de não liberar escolas municipais, segundo o secretário da Educação Pauderney Avelino, visa evitar aglomerações nas unidades de ensino e a propagação da Covid-19. A Secretaria Municipal de Educação enviou ao Ministério Público Federal um ofício com os motivos da não liberação.

Na terça-feira (12), a Justiça Federal em São Paulo negou o pedido de adiamento das provas em todo o País. As datas foram mantidas, mas ficou decidido que cabe aos municípios, dependendo da situação epidemiológica de cada cidade, impedir a realização do exame. Se isso acontecer, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) terá que reaplicar as provas.

Comentários