Prefeitura de Porto Alegre irá penalizar pichadores

A população também pode ajudar fazendo denúncias pelo Disque Pichação - 153. (Foto: Brayan Martins/PMPA)

O histórico prédio do Mercado Público de Porto Alegre teve pichadas, nesta semana, as paredes do primeiro e do segundo andar na face voltada para a avenida Júlio de Castilhos, no Centro Histórico. O caso está sendo apurado pela Secretaria Municipal de Segurança.  

Como forma de coibir o vandalismo na cidade, a prefeitura criará medidas jurídicas para penalizar os pichadores. “Vamos anunciar medidas jurídicas e estruturais para que os que depredam o patrimônio público sofram as consequências penais das suas ações”, afirma o prefeito Nelson Marchezan Júnior. 

A população também pode colaborar utilizando o Disque Pichação – 153 para fazer denúncias.

Desde o começo da nova gestão, o Ceic (Centro Integrado de Comando da Cidade) desenvolveu uma parceria com a central de monitoramento da BM (Brigada Militar), com a utilização de câmeras de outros órgãos e entidades.

Hoje, mais de 1,2 mil câmeras de segurança estão em funcionamento em Porto Alegre.

“O trabalho das forças de inteligência realizado de forma integrada facilita a ação do efetivo de segurança. A GM (Guarda Municipal) tem sido constantemente abastecida com informações da BM e da Polícia Civil, assim como elas também são guarnecidas pela GM”, destacou o secretário municipal de Segurança, coronel Kleber Senisse.

(PMPA)

Comentários

Comentários

43 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.