Prefeitura de Porto Alegre recebeu 2,3 mil pedidos de revisão do IPTU 2020

O período para os contribuintes de Porto Alegre contestarem os valores do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) 2020, aberto em 3 de janeiro, encerrou com 2.314 pedidos de revisão.

De acordo com o superintendente-adjunto da Receita Municipal, Christian Fouchard Justin, a procura foi considerada baixa em relação ao projetado pela SMF (Secretaria Municipal da Fazenda), pois com a atualização da Planta Genérica de Valores do IPTU era esperado um número maior de pedidos. O prazo para contestação esgotou na segunda-feira (03).

“Tivemos um acréscimo de 74,77% em relação ao ano passado, mas ainda assim o volume de impugnações ficou muito abaixo do inicialmente esperado, que era de 10 mil – o total de imóveis inscritos na Capital é de 784.636. Agora, as impugnações serão analisadas pela Receita Municipal e os contribuintes serão notifica dos do resultado do seu recurso. Embora não tenha prazo definido de resposta, aos que tiverem seus pedidos deferidos será concedido novo prazo para pagamento com a concessão dos 10% de desconto”, disse Justin.

Comentários