Presa quadrilha que aliciava caminhoneiros para roubar cargas no Rio Grande do Sul

Com o objetivo de combater o crime de furto de carga mediante o aliciamento de motoristas de caminhão no Rio Grande do Sul, a Polícia Civil deflagrou, na manhã desta quarta-feira (16), a Operação Raptor. Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão nos municípios de Esteio, Sapucaia do Sul, São Leopoldo e Porto Alegre.

Três criminosos foram presos em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e munição. Segundo o diretor de Investigações do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), delegado Sander Cajal, as investigações iniciaram após dois roubos de cargas ocorridos nos meses de agosto e setembro de 2017. “Diante dos relatos feitos e indícios colhidos, desconfiou-se que se tratavam, na verdade, de furto cometido através de aliciamento de motorista para a entrega da carga e falso relato à Polícia Judiciária”, explicou o delegado.

Para o delegado Alexandre Fleck, da Delegacia de Repressão ao Roubo e Furto de Cargas, alguns criminosos estão optando por essa espécie de crime por envolver riscos menores que o roubo e por se tratar de um crime com punição menos severa pelo Código Penal.

Nas diligências desta quarta-feira, foram apreendidas uma espingarda calibre 20, sete munições calibre 20, seis munições calibre 28, duas munições calibre 380, sete aparelhos de telefone celular, nove pacotes de cigarros de origem estrangeira, 40 pacotes de papel de seda para cigarro de origem estrangeira e 13 garrafas térmicas com suspeita de origem ilícita.

Operação Integrada

Na noite de terça-feira, foi realizada em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, a 96ª edição da Operação Integrada, que contou com a participação dos principais órgãos de segurança atuantes no município. O chefe de Polícia, Delegado Emerson Wendt, participou da abertura da operação.

Foram abordadas 285 pessoas, fiscalizados 130 veículos e 66 motocicletas e confeccionados oito autos de infração de trânsito. Dois veículos foram recolhidos. Houve uma prisão e uma apreensão de um adolescente por tráfico de entorpecentes.

Na rua República, no bairro Mato Grande, foi preso um traficante de 26 anos. Com ele foram encontradas 26 pedras de crack, três buchas de cocaína, um tijolo de maconha e uma quantia em dinheiro. Também foi constatado que ele se encontrava foragido do sistema prisional.

Na rua 25 de março, no bairro Rio Branco, foi realizada a apreensão de um adolescente por ato infracional análogo ao tráfico de entorpecentes. Foram encontrados com o infrator 22 buchas de cocaína, 18 tijolinhos de maconha e dinheiro.

Comentários