Presa quadrilha que planejava matar o prefeito de Arroio do Sal, no Litoral Norte gaúcho, e policiais do município

Operação Antecipação foi deflagrada em Arroio do Sal e Três Forquilhas. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A Polícia Civil deflagrou a Operação Antecipação para prender uma quadrilha que planejava matar o prefeito de Arroio do Sal, Affonso Flávio Angst, o Bolão (MDB), e policiais que atuam no município do Litoral Norte gaúcho.

Durante a ação, que terminou na quarta-feira (20), sete criminosos foram presos por tráfico de drogas e associação para o tráfico em Arroio do Sal e Três Forquilhas.

Segundo a Polícia Civil, a operação é decorrente de uma prisão realizada no dia 30 de dezembro de 2020 pela delegacia de polícia de Arroio do Sal. Na ocasião, um homem foi detido em flagrante por tráfico de entorpecentes e posse irregular de arma de fogo na praia de Rondinha.

Com o aprofundamento das investigações, mantidas em sigilo, foi descoberto que um grupo de indivíduos planejava matar o prefeito e policiais que atuam na cidade em razão dos investimentos feitos em segurança pública para combater a criminalidade.

“Os envolvidos, desde a chegada de alunos da BM no policiamento ostensivo e outras ações policiais, tiveram prejuízo no tráfico de entorpecentes, planejando as ações para o término da temporada de veraneio, com aluguel de armas e contratação de pessoal de outras localidades”, informou a Polícia Civil.

Comentários