Presidente da Câmara dos Deputados diz que o secretário da Cultura “passou dos limites” e pede a sua demissão

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pediu nesta sexta-feira (17) que o governo federal afaste o secretário da Cultura, Roberto Alvim.

“O secretário da Cultura passou de todos os limites. É inaceitável. O governo brasileiro deveria afastá-lo urgente do cargo”, afirmou Maia nas redes sociais.

A manifestação do parlamentar ocorreu após a divulgação de um vídeo oficial no qual Alvim parafraseia trechos de um discurso de Joseph Goebbels, ministro da Propaganda na Alemanha Nazista.

O vídeo foi postado pela Secretaria Especial de Cultura para divulgar o Prêmio Nacional das Artes. A similaridade entre o discurso de Alvim e o pronunciamento de Goebbels levou a uma forte reação negativa nas redes sociais, de artistas e políticos.

“A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional. Será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes de nosso povo, ou então não será nada”, afirmou Alvim no vídeo.

Comentários