Presidente da Central Única dos Trabalhadores do Mato Grosso do Sul é preso em ônibus clandestino na Região Metropolitana de Porto Alegre

Durante barreira de fiscalização na BR-386, em Montenegro, na Região Metropolitana de Porto Alegre, no início da manhã desta quarta-feira (24), a PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a BM (Brigada Militar) flagraram um ônibus clandestino, vindo do Mato Grosso do Sul, com manifestantes para apoiar o ex-presidente Lula durante o julgamento do petista em Porto Alegre.

O veículo, contratado pela CUT-MS (Central Única dos Trabalhadores do Mato Grosso do Sul), não tinha licença da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). No ônibus, estava o presidente da entidade, Genilson Duarte, que foi preso. Havia contra ele um mandado de prisão, por desobediência, aguardando cumprimento desde o ano passado.

O ônibus foi apreendido, e os passageiros encaminhados para outro veículos em direção à Capital gaúcha. O sindicalista preso foi conduzido para a Polícia Civil.

Comentários