Presidente do Senado tem dia de reclusão devido a calendário judaico

Davi Alcolumbre, presidente do Senado, divulgou a notícia em suas redes sociais. (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), passou o comando da reunião de líderes desta terça-feira (8) para o vice-governador da Casa, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG). O motivo é a data mais sagrada do calendário judaico: o Yom Kipur, dia do perdão supremo.

A reunião é para debater e tentar chegar em um acordo que assegura a votação em segundo turno da reforma da Previdência, no dia 22 de outubro. A oposição está pedindo antes da votação do segundo turno uma decisão sobre a divisão dos recursos do pré-sal.

Enquanto isso, a sessão do Congresso Nacional, que analisará o veto ao projeto que altera regras para partidos políticos e para eleições, será comandada pelo vice-presidente da Câmara, deputado Marcos Pereira. O anúncio foi feito por Alcolumbre em suas redes sociais.

Comentários