Presidente volta atrás, após dizer que não há fome no Brasil

Bolsonaro durante solenidade dos 200 dias de governo. (Foto: Isac Nóbrega/PR)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (19), que “passar fome no Brasil é uma grande mentira”. A entrevista aconteceu durante o café da manhã com correspondentes estrangeiros no Palácio do Planalto. Porém, mais tarde, em outro evento, Bolsonaro disse que “Alguns passam fome”.

“O brasileiro come mal. Alguns passam fome. Agora, é inaceitável em um tão rico país como o nosso, com terras agricultáveis, água em abundância. Até o semiárido nordestino tem pluviométrico maior que Israel”, declarou o presidente.

O comentário foi feito foi feito durante a cerimônia do Dia do Futebol, ocorrida no Ministério da Cidadania. Jornalistas questionaram se Bolsonaro estaria voltando atrás da declaração concedida mais cedo e o presidente demonstrou irritação: “Pelo amor de Deus, se for para entrar em detalhes, em filigrana [detalhes], eu vou embora”.

Ele, na sequência, complementou a explicação. “Não estou vendo nenhum magro aqui. Temos um problema alimentar no Brasil. Temos, não é culpa minha, vem de trás, estou tentando resolver. O que tira o homem e a mulher da miséria é o conhecimento, não são bolsas e programas assistencialistas. Temos que lutar nesse sentido”, afirmou Bolsonaro.

Comentários