Presídio Feminino de Lajeado será inaugurado nesta sexta-feira

Prédio de 1.200m² foi construído com recursos do judiciário, prefeitura e comunidade.
(Foto: Comarca de Lajeado/Divulgação)

O Presídio Feminino de Lajeado, no Vale do Taquari, terceiro do tipo no Rio Grande do Sul – ao lado do Madre Pelletier, em Porto Alegre, e da Penitenciária Estadual Feminina de Guaíba – , será inaugurado nesta sexta-feira (25), às 17h.

O complexo tem capacidade para até 120 detentas. O prédio, anexo ao Presídio Estadual local, receberá tanto condenadas definitivas como com ordem de prisão preventiva. Permitirá limitar a transferência (sob permuta) de detentas da região para espaços destinados a mulheres em presídios masculinos distantes (Santa Cruz, Torres, Encantado), explica o juiz diretor do Foro da Comarca de Lajeado, Luís Antônio de Abreu Johnson.

Os trabalhos de construção do Presídio Feminino de Lajeado iniciaram em março de 2015 e finalizaram em agosto passado, demandando cerca de R$ 900 mil. Recursos que foram alcançados a partir da integração entre Poder Judiciário, Município e sociedade civil.

Enquanto cerca de 70% do valor teve origem nas penas alternativas administradas pelas Varas de Execuções Criminais de Estrela, Lajeado e Teutônia, “outros R$ 120 mil vieram do Município e o restante de empresas e comunidade do Vale”, detalha o Juiz.

Com 1.200m² de área construída, a unidade comportará ainda berçário, ambulatório médico e odontológico, salas de aula e de trabalho. A execução da obra ficou a cargo da Alsepro (Associação Lajeadense Pró-Segurança Pública) e do Conselho da Comunidade local.

Comentários

Comentários

406 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.