Preso confessa morte de mãe de aluno na Zona Norte da Capital

Tiago Oliveira da Silva, de 30 anos, confessou em depoimento à polícia, na tarde desta segunda-feira (29), a morte da representante comercial Cristine Fonseca Fagundes, de 44 anos. Cristine foi assassinada no fim da tarde de quinta-feira (25), vítima de um latrocínio, enquanto esperava no seu carro, ao lado da filha mais velha, o filho de 11 anos sair do Colégio Dom Bosco, no bairro Higienópolis, na Zona Norte de Porto Alegre.

Silva entregou-se um dia após o crime, no Foro Central de Porto Alegre.

Outro suspeito, Fabrício Farias, de 20, foi preso no mesmo dia em que foi registrada a morte. Rafael Silveira Santa Helena, de 26, segue foragido. Todos estão com prisão preventiva decretada.

Comentários