Preso em Porto Alegre motorista do Uber condenado a 23 anos de prisão por homicídio qualificado

Agentes do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) prenderam, na manhã desta quarta-feira (10), um motorista do Uber no bairro Floresta, em Porto Alegre.

De acordo com o delegado Arthur Raldi, o homem, de 49 anos, foi condenado a  23 anos de prisão por homicídio qualificado. Ele estava foragido.

Comentários

Um Comentário

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.