Principal executor de organização criminosa gaúcha é preso em Santa Catarina

Agentes da Delegacia de Capturas do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) prenderam, na madrugada desta sexta-feira (29), um homem suspeito de ser o principal executor de uma das maiores organizações criminosas atuantes no Rio Grande do Sul.

A prisão ocorreu no bairro Brejaru, na cidade de Palhoça, em Santa Catarina. De acordo com o delegado Arthur Raldi, o indivíduo estava foragido desde 2017 e possui sete mandados de prisão preventiva por homicídio. “O preso também é suspeito de ser o coordenador das tomadas de território da organização criminosa”, ressaltou.

O criminoso responde por mais de uma dezena de homicídios, bem como por outros crimes como sequestro, participação em organização criminosa, tráfico de drogas, associação ao tráfico, roubo de veículo, roubo a estabelecimento comercial, extorsão, entre outros delitos.

Comentários