Reabertura de leitos pelo SUS no Beneficência Portuguesa reforça atendimento à Covid-19 em Porto Alegre

São 32 leitos de enfermaria e 15 de UTI cadastrados no sistema de internações. (Foto: Alex Rocha/PMPA)

Porto Alegre contará com mais leitos de UTI e de retaguarda clínica a partir desta quinta-feira (25). A SMS (Secretaria Municipal de Saúde) cadastrou 32 leitos de enfermaria e 15 de UTI – Covid-19 do Hospital Beneficência Portuguesa no Sistema de Gerint (Gerenciamento de Internações). Os leitos serão utilizados gradativamente, de acordo com a capacidade operacional do hospital.

Pelo Decreto 20.947, de 23 de fevereiro, a prefeitura requisitou serviços e equipamentos da ABSM (Associação Beneficente São Miguel), gestora integral do Hospital Beneficência Portuguesa, para que a instituição passe a integrar a rede hospitalar da cidade no enfrentamento da pandemia causada pelo novo coronavírus.

De acordo com critérios estabelecidos pela SMS, além de disponibilizar para o SUS e operar os 32 leitos de retaguarda clínicos e 15 de UTI, o hospital vai oferecer recursos humanos, hotelaria, higienização, limpeza, serviços de nutrição, alimentação e custos de luz e água.

A reabertura foi possível após a DVS (Diretoria de Vigilância em Saúde) do Município liberar o alvará sanitário para reativação de 15 leitos de terapia intensiva. Antes disso, foram feitas muitas visitas e readequações e repassadas orientações por parte dos gestores do hospital. “Esses leitos estão adequados estruturalmente para acolher pacientes de forma segura”, afirma o diretor da DVS, Fernando Ritter.

Comentários