Receita Federal libera a entrada de 500 mil testes para detecção do coronavírus em tempo recorde

A Receita Federal desembaraçou, no final da tarde de segunda-feira (30), 500 mil kits de testes de detecção rápida para o novo coronavírus em tempo recorde. O chamado desembaraço aduaneiro é a liberação, pela Receita Federal, da entrada de mercadorias no País após a comprovação da regularidade da carga.

Em um tempo total de 68 minutos, a Equipe de Vigilância Aduaneira da Alfândega da Receita Federal no aeroporto de Guarulhos (SP) conferiu e acompanhou o desembarque e a armazenagem da carga, com peso total de seis toneladas, seguido do desembaraço realizado pela equipe de despacho.

O trabalho ocorreu de forma articulada entre a Receita Federal, o Ministério da Saúde, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), a concessionária GruAirport e a companhia aérea Emirates.

Esse foi o primeiro de cinco lotes de kits que serão importados da China, via Guarulhos, ao longo dos próximos 30 dias, totalizando 5 milhões de testes.

Comentários