Reino Unido deixou de registrar mais de 15,8 mil casos de coronavírus por “problema técnico”

Segundo o governo britânico, nenhum dos pacientes testados entre setembro e outubro deixou de receber o diagnóstico da doença. (Foto: Reprodução)

O Reino Unido deixou de fora das estatísticas oficiais mais de 15,8 mil casos de coronavírus por um “problema técnico”, disse no domingo (04) o departamento de Saúde Pública da Inglaterra. Segundo o órgão, o erro já foi corrigido e os números atualizados no boletim mais recente.

A entidade vinculada ao Ministério da Saúde britânico identificou o problema na atualização dos números de sexta-feira (02). Ao menos 15.841 pacientes não teriam entrado na contagem oficial – a falha atingiu os registros feitos entre os dias 25 de setembro e 2 de outubro.

“Um problema técnico foi identificado no processo de carregamento de dados que transfere os resultados laboratoriais para os relatórios”, disse em nota o chefe interino da autoridade de saúde, Michael Brodie.

O departamento não explicou qual foi o erro, mas segundo o jornal “Daily Mail” ele teria acontecido por uma limitação do programa que gera as planilhas com os dados. Os números das novas atualizações ultrapassavam o 1 milhão de linhas permitidas pelo software.

Por meio de um comunicado, a autoridade de saúde garantiu que nenhum dos pacientes testados deixou de receber o diagnóstico dos testes e que todos os que receberam resultados positivos para a Covid-19 foram instruídos a cumprir com uma quarentena.

Comentários