“Relaxar restrições não é o fim da pandemia em país nenhum”, diz a Organização Mundial da Saúde

A Febraban (Federação Brasileira de Bancos) publicou um alerta sobre o aumento de golpes durante a pandemia de coronavírus devido à maior adesão dos clientes aos canais digitais das instituições financeiras para evitar aglomerações e combater a proliferação da Covid-19.

Os golpistas criam armadilhas para obter dados, senhas e informações pessoais dos clientes. Além disso, levam os usuários dos canais digitais a fazer pagamentos em benefício de criminosos.

A Febraban alertou em especial para o golpe do “falso motoboy”. Após roubar dados sigilosos, os criminosos entram em contato, fazendo-se passar pelo banco, para comunicar transações suspeitas com o cartão de crédito. Indicam que um motoboy será enviado para recolher o cartão supostamente clonado para cancelar compras irregulares.

Segundo o diretor-adjunto de Operações da Febraban, Walter de Faria, os bancos nunca enviam funcionários para recolher os cartões. “Quando for descartar o cartão, é importante inutilizar o chip para impedir que novas compras sejam feitas”, disse.

Os criminosos criaram também aplicativos falsos relacionados ao auxílio emergencial que o governo federal está distribuindo para as famílias afetadas economicamente pelo isolamento social.

Comentários