Reservatório da Barragem das Laranjeiras, no limite entre Três Coroas e Canela, é esvaziado

Objetivo é recuperar segurança da estrutura. (Foto: Leticia Jardim/Ascom CEEE)

A Sema (Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura) informou que está quase no fim o processo de esvaziamento do reservatório da Barragem de Laranjeiras, no limite entre Três Coroas e Canela. O procedimento, iniciado no sábado (17), é necessário para que a CEEE-GT (Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica) avalie as condições estruturais da barragem, construída na década de 1960 e que estava sem utilização.

O procedimento está em fase final e diferentes medidas foram tomadas para evitar transtornos. Conforme a Corsan (Companhia Riograndense de Saneamento), com o esvaziamento, o leito do rio Paranhana está arrastando grande quantidade de lodo – acumulado no fundo da represa – o que compromete a captação de água bruta para o abastecimento público.

Dessa forma, pode haver interrupção na distribuição de água nos municípios de Três Coroas e Igrejinha. Ainda não há previsão de normalização. Para minimizar os efeitos à população, a Corsan está utilizando caminhões-pipa.

Corsan e CEEE trabalham em parceria para regularizar a situação. Para mais informações sobre o abastecimento, acesse o aplicativo ou site corsan.com.br (seção Situação do Abastecimento de Água) ou ligue para 0800.646.6444.

Desde o fim de setembro, a CEEE tem dedicado parte de seu corpo técnico especializado em barragens para diagnosticar e estudar os procedimentos e intervenções necessários à manutenção da integridade física da estrutura, com objetivo de que recupere sua plena condição de segurança.

Comentários