Retirados da pauta da Câmara de Porto Alegre os projetos que aumentam os salários dos vereadores e do prefeito

Os vereadores de Porto Alegre decidiram nesta quarta-feira (18) retirar da pauta de votação da Câmara Municipal o polêmico projeto que prevê aumento de 30% nos seus salários. A votação estava prevista para esta quinta-feira (19).

Também foi retirado da pauta o projeto que prevê o aumento do salário do prefeito, do vice e de secretários municipais. O envio das propostas ao plenário havia sido aprovado por comissões da Casa.

“Requerimento que retira o projeto referente ao aumento salarial dos vereadores foi aprovado. Está retirado de votação”, disse a presidente da Câmara Municipal, Mônica Leal.

Atualmente, os vereadores recebem R$ 14,5 mil brutos (R$ 11 mil líquidos) por mês. Se a proposta for aprovada, os salários aumentarão para R$ 18,9 mil brutos (R$ 14,3 mil líquidos).

Comentários