Rio Grande do Sul registra mais 39 óbitos por coronavírus e chega a 5.768

Os recuperados são 228.252 (93% dos casos). (Foto: Divulgação/SES)

O Rio Grande do Sul registrou nesta sexta-feira (30) 2.834 novos casos da Covid-19 e teve confirmados mais 39 óbitos. O total de casos confirmados é de 246.227, e o de óbitos, 5.768. Os recuperados são 228.252 (93% dos casos).

Entre os óbitos divulgados nesta sexta, um ocorreu em setembro e estava com a notificação a ser completada. Os demais são de datas entre os dias 7 e 29 de outubro.

Houve ainda um óbito que teve a cidade de residência corrigido de São Gabriel para Cacequi (mulher, 48 anos), publicado originalmente em 27 de agosto.

A atualização teve ainda 9 casos excluídos por duplicidade ou revisão de resultado.

Os novos óbitos são de residentes dos municípios de:

Cachoeirinha (mulher, 63 anos);

Canoas (mulher, 88 anos);
Canoas (homem, 77 anos);
Canoas (mulher, 68 anos);

Caxias do Sul (mulher, 96 anos);
Caxias do Sul (homem, 86 anos);

Cruz Alta (homem, 54 anos);

Eldorado do Sul (homem, 48 anos);

Erechim (homem, 65 anos);

Gravataí (mulher, 75 anos);

Novo Hamburgo (homem, 57 anos);
Novo Hamburgo (homem, 55 anos);

Osório (mulher, 93 anos);

Pelotas (mulher, 29 anos);

Porto Alegre (mulher, 81 anos);
Porto Alegre (homem, 68 anos);
Porto Alegre (mulher, 65 anos);
Porto Alegre (homem, 68 anos);
Porto Alegre (homem, 77 anos);
Porto Alegre (mulher, 51 anos);
Porto Alegre (homem, 66 anos);
Porto Alegre (homem, 66 anos);
Porto Alegre (homem, 74 anos);
Porto Alegre (mulher, 64 anos);
Porto Alegre (homem, 76 anos);
Porto Alegre (homem, 77 anos);
Porto Alegre (homem, 67 anos);

Rio Grande (homem, 70 anos);

Santa Maria (mulher, 83 anos);

São Gabriel (mulher, 65 anos);

São Leopoldo (mulher, 74 anos);

Sapiranga (homem, 80 anos);

Taquari (homem, 80 anos);

Tramandaí (homem, 68 anos);

Uruguaiana (mulher, 80 anos);
Uruguaiana (mulher, 92 anos);

Viamão (homem, 53 anos);
Viamão (homem, 65 anos);
Viamão (homem, 77 anos).

Novas datas da campanha de vacinação contra poliomielite

Em consequência da baixa cobertura da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite no Estado, a SES (Secretaria da Saúde) decidiu na quinta-feira (29) prorrogar o prazo da estratégia até 21 de novembro, quando também será realizado um segundo Dia D de mobilização, um sábado em que os postos de saúde e as casas de vacina ficarão excepcionalmente abertos para estimular e facilitar às famílias o acesso à imunização contra a pólio das crianças menores de cinco anos. A Multivacinação para atualização da caderneta de vacinação de crianças e adolescentes até 15 anos foi igualmente prorrogada.

Até quinta o Rio Grande do Sul havia registrado a aplicação de 286.403 doses da vacina contra a poliomielite em crianças de até cinco anos, o que corresponde a 54,1% da faixa etária abrangida pela campanha. A marca está ainda longe da meta de imunizar 95% dessas crianças. Apenas 98 municípios gaúchos (20% do total) atingiram a meta.

De acordo com o governo estadual, todos os postos de saúde estão seguindo as medidas de segurança para evitar o contágio da Covid-19.

Comentários