Rio Grande do Sul vai aprimorar gestão de indicadores de internações para elaborar políticas públicas

Na transmissão ao vivo pela internet nesta segunda-feira (06), o governador Eduardo Leite informou que o governo do Estado está aprimorando o processo de gestão de indicadores das internações nos hospitais, dado fundamental para a elaboração futura de políticas públicas, inclusive daquelas que envolvem as restrições de convívio social. Além disso, o governador esclareceu dúvidas da imprensa e reiterou o fechamento do comércio no Estado, decisão que segue mantida até 15 de abril.

Em Santa Maria, o Hospital Regional começou a ser equipado para intensificar o combate à Covid-19. A SES (Secretaria da Saúde) projeta a abertura de 50 leitos de internação no hospital na segunda metade de abril, sendo 40 clínicos e dez de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) para o tratamento de pacientes com coronavírus.

A secretária da Saúde, Arita Bergmann, afirmou que a região central tem carência de leitos e, em meio à pandemia, a abertura definitiva do hospital será importante para garantir melhor atendimento aos moradores das comunidades locais. O Exército auxilia na logística de entrega dos equipamentos. Outros 80 leitos, de um total programado de 130, seguem com previsão de inauguração para julho.

Também nesta segunda-feira, a Secretaria da Saúde celebrou contrato com a empresa M&S Produtos Agropecuários para a realização de exames de diagnóstico em pessoas com suspeita de coronavírus. O contrato foi assinado durante reunião por videoconferência realizada entre a secretaria, em Porto Alegre, e a empresa, em Pelotas. A previsão é de que o laboratório realize cerca de 250 exames por dia.

A SES distribuiu mais um lote de 411 mil doses das vacinas contra influenza (A-H1N1, A-H3N2 e Influenza B), às 19 Coordenadorias Regionais de Saúde. São para abastecer postos de vacinação em municípios gaúchos.

Este é o quarto lote das doses previstas para primeira etapa da Campanha Nacional de Imunizações de 2020, que prioriza idosos e trabalhadores da saúde. O material foi enviado pelo Ministério da Saúde. Mais um lote ainda será distribuído nos próximos dias, contendo 272 mil doses. Parte irá encerrar a primeira etapa da campanha.

Comentários