Rodrigo Maia entrega reforma da Previdência ao Senado

Rodrigo Maia (E) e Davi Alcolumbre (D) na Câmara dos Deputados. (Foto: Jonas Pereira/Agência Senado)

O texto da reforma da Previdência foi entregue, nesta quinta-feira (8), para o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, um dia após a aprovação da proposta na Câmara dos Deputados. A entrega foi feita pessoalmente pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, em reunião na Presidência do Senado.

Alcolumbre fez a leitura de um resumo da proposta no plenário e encaminhou o texto à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que abrirá a tramitação no Senado. De acordo com Alcolumbre, o Senado deve analisar a proposta num prazo de 45 a 60 dias. Alcolumbre afirmou, também, que não há acordo para os senadores favoráveis à reforma deixarem de apresentar alterações para o texto só para que a o texto seja aprovado rapidamente.

O relator da proposta no Senado será o senador do Ceará, Tasso Jereissati, que já afirmou que pretende analisar a matéria na CCJ em três semanas, após a realização de audiências públicas.

Próximos passos

Se a reforma for alterada no Senado, ela volta para a análise da Câmara novamente. Se a proposta for aprovada na CCJ, ela segue para o plenário, onde será votada em dois turnos, como na Câmara. Em cada turno são necessários pelo menos 49 votos dos 81 senadores que compõem a Casa. A previsão é que a reforma seja totalmente aprovada até outubro.

Comentários