Santa Casa atinge 60% dos recursos necessários para a construção de novo hospital


Obras do Hospital Nora Teixeira.
Foto: Carol Fornasier/Divulgação

Após um ano do anúncio da doação de R$ 60 milhões do casal Alexandre Grendene e Nora Teixeira para a construção do oitavo hospital do complexo da Santa Casa de Porto Alegre, a instituição já tem garantidos R$ 124 milhões para a edificação da nova unidade de saúde que irá contar em sua estrutura com uma nova e ampliada emergência para o SUS. Este valor corresponde a pouco mais de 60% do valor total do projeto. Fruto da campanha social liderada pelos seus principais benfeitores – Alexandre e Nora – o montante se aproxima a passos largos do valor total do Hospital Nora Teixeira – R$ 202 milhões – que terá dois andares a mais do que o previsto inicialmente. A obra será entregue em março de 2022.

O Hospital Nora Teixeira

O novo hospital da Santa Casa será integrado por uma nova emergência SUS exclusiva para atendimento de adultos, que terá sua área quadruplicada (de 600m² para 2.325m²) e contemplará:

– Aumento de leitos fixos na Sala de Observação com boxes individuais, de 13 para 28 (sendo três de isolamento);

– Criação de 2 Postos de Enfermagem na Sala de Observação, garantindo um atendimento mais ágil ao paciente;

– Ampliação do número de posições de medicação, passando de 12 para 18 poltronas, proporcionando mais conforto e segurança aos pacientes;

– Ampliação do número de salas de acolhimento e consultórios, sendo uma sala específica para Eletrocardiografia;

– Centro de Diagnóstico por Imagem dedicado à Emergência, que facilitará o atendimento e contará com tomografia, Raio-X e ecografias.

O novo hospital terá, ainda, 287 novos leitos e o total de 15 andares, sendo oito de internações destinados para especialidades como oncologia, traumatologia, cirurgia bariátrica e obstetrícia – incluindo UTI e cuidados intermediários – seis de infraestrutura (como nutrição e almoxarifado) e um de estacionamento. Os serviços assistenciais disponibilizados nesta estrutura irão contribuir para a sustentabilidade da instituição, bem como da nova emergência destinada exclusivamente para usuários do SUS.

“É importante que a sociedade saiba que, ao utilizar os nossos serviços por meio de seus planos de saúde ou até mesmo via particular, estão contribuindo fortemente para que a população usuária do SUS tenha cada vez mais acesso à saúde de qualidade, pois, a cada R$ 100 que um paciente do SUS tem de custo assistencial na Santa Casa, a instituição recebe somente R$ 61 do sistema. Ou seja, para fechar esta conta, temos de utilizar recursos de outras fontes, como os atendimentos para pacientes privados. Assim, somos capazes de nos mantermos na nossa principal missão, que é atender, com qualidade e excelência, os que mais necessitam”, explica o diretor geral da Santa Casa Julio Matos, em referência ao consumo consciente na saúde.

O Hospital Nora Teixeira está sendo edificado dentro do complexo da Santa Casa no Centro Histórico de Porto Alegre, que atualmente é composto por sete hospitais, e sua área total será de 30.500,00m². Também para 2022, estão previstas as entregas de outros projetos acessórios, como a rua coberta de conexão dos hospitais, denominada Rua da Saúde, a nova passarela que interligará todos os prédios da instituição, as unidades de internações do Pavilhão Pereira Filho, do Hospital São José e do Hospital São Francisco, que também terá seu hall de acesso revitalizado.

Comentários