Secretaria da Saúde investiga 15 suspeitas de sarampo em Porto Alegre

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Porto Alegre está investigando atualmente 15 suspeitas de sarampo. Dentre os pacientes em observação pelo órgão, encontram-se pessoas com histórico de viagens à Itália e ao estado de São Paulo. Vale ressaltar que o país europeu já registrou ao menos mil casos da doença em crianças e adultos, enquanto a capital paulista vitimou um homem de 42 anos, que não tinha histórico de vacinação contra o sarampo.

Conforme dados do Ministério da Saúde, até quarta-feira (28) foram confirmados 2.565 casos de sarampo no Brasil. Diante da investigação das suspeitas na capital gaúcha e da situação epidemiológica no país, a Equipe de Vigilância das Doenças Transmissíveis (EVDT/SMS) emitiu aos serviços e profissionais de saúde de Porto Alegre alerta epidemiológico no final dessa quinta-feira (29). No documento, é enfatizada a importância de notificação imediata à EVDT diante de qualquer suspeita de sarampo no momento do atendimento de saúde.

“A notificação imediata permite agilizar a adoção de medidas de controle, que visam à interrupção da cadeia de transmissão do vírus”, explica a chefe da EVDT, enfermeira Sonia Regina Coradini. Aos pacientes, a recomendação é, no atendimento, informar ao profissional de saúde viagens para locais com transmissão de vírus ou confirmação da doença. No Brasil, os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Pará têm casos confirmados.

Sintomas e suspeita

Casos suspeitos são de pessoas, independentemente da idade e da situação vacinal, que apresentem febre e exantema maculopapular (bolinhas vermelhas), acompanhados de um ou mais dos seguintes sintomas: tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite.

Comentários