Secretaria do Meio Ambiente indica monitoramento de barragens do RS

No último mês, foram finalizadas as vistorias das 31 barragens referentes ao nível 1 de prioridade. (Foto: Divulgação / Sema)

Foi divulgado o segundo relatório do plano de vistorias realizadas nas barragens do RS, no mês de maio. O Grupo de Trabalho de Segurança de Barragens do Departamento de Recursos Hídricos e Saneamento (DRHS), da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), foi quem publicou o documento nesta quinta-feira (6). O GT foi criado para minimizar riscos de acidentes nesse tipo de estrutura no RS.

No último mês, foram finalizadas as vistorias das 31 barragens referentes ao nível 1 de prioridade — quando a segurança não está comprometida a curto prazo—, mas a indicação é de que permaneçam monitoradas e sob controle. São barragens com altura maior do que 15 metros de taipa e/ou volume maior que 7 milhões de m³.

Locais
As barragens vistoriadas nesta etapa estão localizadas nos seguintes municípios: Barra do Quaraí, Quaraí, Uruguaiana, Alegrete, Itaqui, Camaquã, Dom Pedrito, São Gabriel, Bagé, Rosário do Sul, Santana do Livramento, São Borja, São Pedro do Sul, São Vicente do Sul, Arroio Grande, Jaguarão, Pedro Osório, Pelotas, Candiota, Maçambara, Santo Antônio das Missões, Restinga Seca, São Gabriel, São Sepé, Capão do Leão, Cristal, Erechim, Ibirubá, Caraá e Joia.

Para junho estão planejadas três campanhas de vistorias, que atenderão, ao todo, 15 barragens. Ainda na primeira quinzena do mês, está prevista vistoria a na barragem conhecida como Lomba do Sabão, que pertence ao Departamento Municipal de Água e Esgotos de Porto Alegre (Dmae).

Comentários