Sem os ônibus circulando, neste domingo os passageiros poderão viajar de pé nas lotações de Porto Alegre e os táxis poderão compartilhar passageiros em cada corrida

A Prefeitura de Porto Alegre definiu medidas emergenciais para o transporte no domingo (27), quando não haverá a circulação de ônibus devido à crise da falta de combustíveis. O compartilhamento de táxis está autorizado, com embarque de passageiros nas paradas de ônibus, fora dos corredores. A tarifa será 6 reais por passageiro, independente do itinerário.

O pagamento deve ser feito apenas em dinheiro. Os usuários também podem optar pelo serviço convencional de táxi e chamar o veículo por telefone ou aplicativo, e pagar conforme o taxímetro. O serviço de lotação funciona normalmente, com autorização de transporte em pé de passageiros. Também fica autorizado, para vans escolares credenciadas, realizarem o itinerário de ônibus. A tarifa será de 6 reais com pagamento em dinheiro. 

Em função do racionamento de combustível, no sábado (26), o transporte público seguiu a tabela de domingo. Na manhã de segunda-feira (28) está garantido o atendimento, dos primeiros horários até 8h30min, e uma nova reunião será realizada às 10h para avaliar a situação e definir como será a disponibilidade de ônibus no restante do dia.

O prefeito Nelson Marchezan Júnior decretou, no início da noite de quinta-feira (24), situação de emergência no município de Porto Alegre em razão do desabastecimento ocasionado pela paralisação nacional dos caminhoneiros. A medida também foi publicada em edição extra do Diário Oficial.

O objetivo é o de otimizar recursos existentes e direcioná-los às áreas essenciais (saúde, segurança, transporte público e saneamento básico), concentrando esforços para garantir a continuidade da prestação dos serviços públicos prioritários.

De acordo com o Decreto nº19.999/2018, o Município deve priorizar o abastecimento de combustível para transportes essenciais, como ambulâncias, transporte público e recolhimento de resíduos sólidos. Mesmo com a proposta do governo federal para o encerramento da paralisação, a estimativa é de que ainda se leve até três dias para normalização do abastecimento na Capital.

Integrantes da Comissão Permanente de Atuação em Emergências (Copae), Polícia Civil, Brigada Militar e representantes das empresas de combustível estão mobilizados para a definição de estratégias de enfrentamento da crise ocasionada pela paralisação dos caminhoneiros. Em função dos desdobramentos da mobilização, novas alternativas poderão ser anunciadas.

Linha Turismo

A 9ª edição do Tour Cervejeiro, que seria realizada no sábado (26) foi transferida para nova data. Todos os roteiros do Linha Turismo estão suspensos em decorrência da falta de combustíveis na Capital. A reserva de combustível disponibilizada para os ônibus Linha Turismo será destinada as linhas regulares da Carris, afim de auxiliar nos serviços essenciais e na mobilidade da população da Capital.

A nova data será comunicada em breve, através do portal da Prefeitura e nas redes sociais do Porto Alegre Turismo (www.facebook.com/portoalegre.travel). Dúvidas e informações: (51) 3289-6765.

Comentários