Senado tem mais de 230 emendas da reforma da Previdência para analisar


Tasso Jereissati, relator da reforma da Previdência no Senado. (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

O Senado Federal segue analisando a proposta da reforma da Previdência. Nesta quarta-feira (4), o relator da reforma no Senado, Tasso Jereissati, deve apresentar a complementação do parecer lido na semana passada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa. As sugestões de alteração ao parecer já somam mais de 230 emendas, que devem ser analisadas pelo relator.

Cerca de 387 emendas haviam sido apresentadas. No entanto, mais da metade ainda depende da análise de Jereissati. A previsão é de que a votação na CCJ seja concluída nesta quarta (4) e o texto siga para análise no plenário do Senado. A proposta deve ser votada em dois turnos, com cinco sessões de discussão no primeiro e três no segundo.

Tasso já havia divulgado algumas alterações na proposta, como a exclusão de dois pontos, mas isso não implica em uma nova análise da PEC pelos deputados caso haja necessidade do texto retornar à Câmara. As mudanças mais relevantes serão incluídas na PEC paralela, que deve tramitar na Casa junto ao texto principal. Entre as medidas presentes na PEC paralela está a inclusão de estados e municípios na reforma.

Comentários