Sérgio Moro diz que Lula “faz parte do passado”

Ao ser questionado se vê a soltura do ex-presidente Lula como uma ameaça para a ordem pública, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, disse que o petista “faz parte do passado”. “O ex-presidente Lula, eu nem gosto muito de falar dele. Sinceramente, ele faz parte do meu passado e do passado do País”, declarou o ex-juiz da Lava-Jato.

Sobre a prisão após condenação em segunda instância, derrubada pelo STF (Supremo Tribunal Federal), Moro afirmou: “É uma questão simples, mas as coisas devem acontecer. Se alguém foi absolvido de um crime, a pessoa fica tranquila. Mas se a pessoa foi condenada, ela precisa sofrer as consequências, senão o sistema não funciona”. As declarações foram dadas em entrevista a uma rádio de Pernambuco, na segunda-feira (02).

Moro também disse que está com boas expectativas para que o seu pacote anticrime seja aprovado pelo Congresso Nacional. “Estamos tomando várias ações importantes na área da segurança pública. Para que possamos avançar mais na redução da criminalidade, precisamos ter o apoio do Legislativo. Nós acreditamos que poderemos avançar muito nessa área”, afirmou.

 

Comentários