Servidores gaúchos fazem “Ceia da Miséria” em frente ao Palácio Piratini

A “ceia” teve pão e água em referência ao desemprego.(Foto: Douglas Roehrs/Sindjors)

Em tom de protesto, servidores públicos gaúchos se reuniram, na tarde desta sexta-feira (23), em frente ao Palácio Piratini, no Centro de Porto Alegre, para realizar o Natal das Fundações.

A “Ceia da Miséria” teve pão e água em referência ao iminente desemprego, após aprovação na Assembleia da extinção de fundações gaúchas.

Um grupo da Fundação Piratini gravou um vídeo revelando seus inimigos públicos: os 30 deputados da base do governo que autorizaram o fim da comunicação pública no Rio Grande do Sul.

Comentários

815 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.