Sobreviventes gaúchos do acidente com ônibus na Argentina chegam ao Estado

Veículo com 50 pessoas a bordo tombou (Foto: Reprodução)

Dois ônibus transportando 38 sobreviventes do tombamento de um ônibus de turismo brasileiro na Argentina chegaram a Uruguaiana, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, ainda na noite de terça-feira (27). Duas pessoas morreram e 24 ficaram feridas no acidente ocorrido na província de Entre Ríos.

Os dois motoristas ficaram na Argentina, onde prestarão depoimento à polícia nesta quarta-feira (28), e dois passageiros feridos permanecem hospitalizados, mas em situação estável. Quatro turistas seguiram viagem para Buenos Aires.

O ônibus partiu da cidade de Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, Região Metropolitana de Porto Alegre, na noite de segunda-feira (26), com 50 passageiros. O acidente aconteceu na manhã de terça na Rota 14, próximo ao trevo de acesso à cidade de San Jose.

O tombamento do veículo provocou a morte de Carla Fernandes Monaco, de 34 anos, e Mariton Fernando Silveira Correa, de 48 anos, ambos da região Metropolitana de Porto Alegre.

O veículo transportava passageiros que pretendiam passar as festas de final de ano em Buenos Aires, na Argentina. A polícia local investiga as causas do acidente.

“Estamos tentando esclarecer. Ele estava ultrapassando um veículo, um caminhão, perdeu o controle, o condutor do veículo, e saiu do acostamento”, disse o chefe de Segurança e Prevenção Viária Mario Rivera.

O empresário Alcinei Brocca, um dos passageiros do ônibus, relata os momentos que antecederam o acidente. “Ele passou por baixo de uma ponte. Acredito que uns dois metros da coluna da ponte, e aí foi para o canteiro central. Era uma pista dupla, onde essa pista era côncava, e ele tentou puxar o ônibus de volta. E no momento que ele tentou, ai ele tombou”, afirmou. (AG)

Comentários

Comentários

810 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.