STF julgará Geddel e Lúcio Vieira Lima na próxima terça-feira

STF julgará Geddel e Lúcio Vieira Lima na próxima terça-feira. (Foto: ABr)

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) julgará, na próxima terça-feira (24), os irmãos Geddel e Lúcio Vieira Lima (MDB-BA) no caso dos R$ 51 milhões capturados em um apartamento em Salvador (BA) em 2017. No decorrer do julgamento, os ministros Cármen Lúcia, Celso de Mello, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Edson Fachin, deverão decidir se condenam ou absolvem Geddel e Lúcio.

Os crimes cometidos pelos irmãos, que fizeram ambos ser réus em maio de 2018, são lavagem de dinheiro e associação criminosa. Quando o STF aceitou a denúncia entregue pela Procuradoria Geral da República, o advogado Gamil Foppel, responsável pela defesa, criticou o fato de a denúncia anônima sobre o dinheiro no apartamento ter sido recebida por policiais que não foram identificados na investigação. Foppel, na época, argumentou que “a denúncia diz que dois policiais inominados conversaram com dois moradores ignorados que confirmaram a notícia anônima. É um anonimato para confirmar o anonimato”.

Ministro da Secretaria de Governo, no período de maio a novembro de 2016, no governo Michel Temer, Geddel está preso desde setembro de 2017. No julgamento da ação penal, a Segunda Turma também decidirá se mantém ou não a prisão de Geddel, que pede liberdade ou transferência para Salvador.

Comentários