Subsecretário de Política Macroeconômica deixa o Ministério da Economia

Teles afirmou que a saída foi motivada por razões pessoais. (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

O subsecretário de Política Macroeconômica do Ministério da Economia, Vladimir Kuhl Teles, deixou o cargo nesta segunda-feira (17). A saída foi oficializada no Diário Oficial da União.

Teles afirmou que a saída foi motivada por razões pessoais. Ele disse que voltará para São Paulo, onde é professor da Fundação Getúlio Vargas. Teles era o número dois da Secretaria de Política Macroeconômica, comandada por Adolfo Sachsida.

O órgão faz previsões para a economia do País, incluindo dados sobre o PIB (Produto Interno Bruto) e a inflação. A secretaria também trabalhou nos últimos meses nas medidas que liberaram recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) aos trabalhadores.

Saídas no ministério

Na semana passada, o ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou as saídas dos secretários de Desestatização, Salim Mattar, e de Desburocratização, Paulo Uebel.

Na ocasião, Guedes afirmou que houve uma “debandada” na pasta e que os secretários estavam deixando os cargos por divergências sobre a condução de algumas reformas, como a administrativa.

Um dia depois, Salim Mattar disse que havia decidido sair do governo porque não tinha a se adaptado à “lentidão” e à “burocracia” do Estado.

Comentários