Termina na quinta-feira o prazo para o pagamento do IPVA com desconto de até 20% no Rio Grande do Sul

Termina na quinta-feira (29), véspera do feriadão de Páscoa, o prazo para pagamento integral do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) com descontos que podem chegar a 20,8% no Rio Grande do Sul. No mesmo dia, vence a terceira e última prestação nos casos em que o contribuinte optou por parcelar o imposto.

Passada essa etapa, já na semana seguinte começa o calendário do IPVA conforme o número final da placa do veículo. A partir do dia 2 de abril (final de placa número1), a cada semana haverá três vencimentos do IPVA. Essa etapa termina no dia 23 de abril.

Até a última semana, mais de 2 milhões de proprietários de veículos já haviam pago o imposto de maneira integral ou parcelada no Estado. Com isso, a arrecadação bruta se aproximou de R$ 1,3 bilhão, conforme levantamento da Receita Estadual. Metade desse valor é repassado automaticamente para as prefeituras, de acordo com o município de licenciamento do veículo. A expectativa é arrecadar R$ 2,63 bilhões com o tributo ao longo deste ano.

Mais de 248 mil contribuintes fizeram a opção de parcelar o pagamento do IPVA de 2018. A possibilidade de dividir o imposto em três vezes estava disponível até o final de janeiro.

Descontos

O desconto máximo definido para o mês de março compreende o abatimento de 1% sobre o valor do imposto e mais os benefícios dos programas do Bom Cidadão e do Bom Motorista. Os condutores que não receberam multas nos últimos três anos têm dedução de 15%. Para quem não foi multado há dois anos, o índice é de 10%. Quem ficou um ano sem infrações, o abatimento é de 5%.

O desconto do Bom Cidadão, por sua vez, dá aos proprietários de veículos que acumularam no mínimo cem notas fiscais no programa Nota Fiscal Gaúcha mais 5% de desconto, válido para pagamentos antecipados ou não.

Pagamento

Todos os proprietários de veículos automotores fabricados a partir de 1999 devem pagar o IPVA. Para quitar o imposto, o proprietário deve apresentar o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo) nas agências do Banrisul, Bradesco, Santander, Sicredi, Caixa e Banco do Brasil (somente para clientes). Junto com o IPVA, é possível pagar o DPVAT (seguro obrigatório), a taxa de licenciamento e multas de trânsito.

Para auxiliar os contribuintes, a Secretaria da Fazenda disponibiliza um site específico sobre o imposto: www.ipva.rs.gov.br. Nele, é possível consultar todos os dados relativos aos veículos, como multas, valores a pagar e pendências. Além do site, é possível baixar o aplicativo do tributo para dispositivos móveis, disponível gratuitamente na App Store e na Google Play.

Comentários