Todas as estações do BikePoa terão internet livre até o final desta semana

A medida garante internet livre para os usuários empregarem o aplicativo do BikePoa em seus smartphones. (Foto: Divulgação)

Até sábado (10), todas as 40 estações do BikePoa funcionarão com wi-fi para um melhor atendimento aos usuários do sistema. A medida, que garante internet livre para os usuários empregarem o aplicativo do BikePoa em seus smartphones, faz parte do contrato com a empresa Samba Transportes Sustentáveis, vencedora da licitação. O sistema de bicicletas compartilhadas já realizou 832 mil viagens e conta com 180 mil pessoas cadastradas.

Mesmo com a novidade, a EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) já notificou a empresa pelo atraso no calendário integral das mudanças. A empresa tinha até 4 de setembro como data final para entregar as modificações – que incluem além do wi-fi, a renovação de todas as 40 estações e substituição de 400 bikes por outras com iluminação dianteira e traseira -, mas, recentemente, solicitou prorrogação do prazo à EPTC.

Com a nova fase concluída, serão 400 bicicletas em circulação, permanentemente, mais os veículos de reserva. Anteriormente eram 400 no total, mas quando algumas iam para manutenção a oferta reduzia. Os valores seguirão inalterados, R$ 5 por dia e R$ 10 o passe mensal, durante os cinco anos de contrato previstos na licitação. Com a licitação, a empresa responsável pelo sistema terá de atender a índices de qualidade, como tempo de recomposição de bicicletas e vagas livres nas estações, assim como compartilhar as informações com a EPTC, que vai fiscalizar o serviço.

Redução dos acidentes

O incentivo ao uso da bicicleta em Porto Alegre gerou uma maior visibilidade aos ciclistas e, com isso, uma maior convivência com os demais condutores. O resultado é a redução no número de acidentes que vem acontecendo gradualmente em Porto Alegre, de acordo com a Coordenação de Informações de Trânsito da EPTC.

Em 2012, 290 ciclistas sofreram acidentes; em 2015 foram 213, uma redução de 26,5%. O número de feridos caiu de 287 em 2012 para 214 no ano passado (-25,4%), e o de vítimas fatais reduziu de cinco para três (-40%).

Comentários

Comentários

Um Comentário

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.